Arquivo da categoria: Receitas que dão certo

Sobrou Risoto? Faça uma deliciosa Lula recheada

8 - IMG_2532

Uma receita fácil, prática e muito saborosa de se fazer, Lulas recheadas de Risoto

Lulas combinam com muitos ingredientes e são muito versáteis. Podendo gerar infinitos pratos.

Ensino assim, uma receita de reaproveitamento do risoto ou arroz que sobrou do dia anterior, de uma maneira prática e saborosa.

Usei nessa receita um risoto de cogumelos frescos feito em minha casa que sobrou do dia anterior, então decidi reaproveitar fazendo um novo prato e compartilho com vocês.

Caso venha a utilizar arroz branco, convém refogá-lo com algum insumo a mais como por exemplo abobrinhas picadas e colocar uma boa camada de queijo parmesão, para dar liga ao arroz. O arroz branco para recheio não deve ficar muito soltinho, senão cairá para fora das lulas quando cortado.

Vamos aos trabalhos…

  • Basta pegar lulas frescas, previamente limpas. Recheá-las com o risoto ou qualquer outro tipo de insumo de sua preferência;
  • Após recheadas, espetar um palito de dentes na base da lula a fim de os ingredientes fiquem dentro da lula.

Obs.: não colocar muito recheio na lulas, pois as lulas poderão romper-se  quando coccionadas.

  • Temperar as lulas com sal e pimenta do reino;
  • Em uma frigideira bem quente, introduzir fios de azeite e delicadamente colocar as lulas;
  • Dourá-las, virando-as  ara não queimarem;
  • Fazer um bom molho de tomate;

Caso não deseje ter trabalho pode-se utilizar um molho de tomate pronto do tipo Pelatti e adicione folhas de manjericão picadas, pimenta e sal;

  • Colocar as lulas para cozer por aproximadamente 5 minutos.

obs.: Não cozer muito as lulas, caso contrário vocês terão solas de borracha recheadas com risoto.

  • Agora, basta servir regando com uma boa quantidade do molho de tomate
Anúncios

Como fazer leite de coco da fruta.

Quando falamos em leite de coco, sempre temos na cabeça uma prateleira de supermercado. Então estendemos as mãos e pegamos uma garrafinha das tão famosas marcas.

Mas e quando queremos um autêntico Leite de coco da fruta?

Basta utilizar o seu ingrediente principal: coco seco.

Fazer não é difícil nem tampouco complicado. Basta ter um pouco de paciência. O resultado é garantido e infinitamente melhor.

Vamos a elaboração:

  • pegue dois cocos secos. Faça um furo em um de seus olhos, retire sua água e reserve. Então, queime-os no fogo conforme abaixo. Só tire-os do fogo quando os cocos começarem a rachar;
  • Após rachados, quebre-os no meio e com o auxílio de uma faca pequena, retire a polpa dos cocos delicadamente;
  • Pegar um liquidificador, colocar as polpas que foram retiradas do coco, e bata juntamente com a água de coco reservada;
  • pegar uma peneira fina e coar todo o líquido que foi batido

Está pronto o seu Leite de coco caseiro. Este você vai ter certeza da procedência e o melhor de tudo, sem conservantes, sem espessantes e muito mais saboroso.

Com o bagaço, você ainda pode usar para colocar em alguma receita que leve coco ralado. Caso não queria utilizar de momento, basta colocar em um saco, fechar bem e guardar no congelador.

Como fazer batatas cozidas tão gostosas quanto as Fritas?

crusted potatoes

Apesar das fotos não serem de minha autoria, já realizava essa técnica muito antes da receita ser publicada.

Consiste em colocar o tubérculo para cozer em pouca água e sal em quantidade moderada e deixar cozinhar até que a água se evapore por completo, como o sal não evapora junto com água ele ficará “incrustada” nas batatas.

Acredito na versatilidade das batatas e, com sua gama de variedades podem-se criar infinitos pratos.

Assim como Batatas ao Murro, um prato tipicamente Português. Onde coloca-se para assar batatas inteiras cobertas com papel alumínio somente com sal e um pouco de azeite ou manteiga, essa receita que trago denota simplicidade e sabor dos velhos tempos da Europa. Com esse prato, trago uma explosão de sabores.

batatas-3

Quando estiver pronta, regue com um pouco de azeite extra virgem e um pouco de ervas picadas por cima das batatas. Mas atenção essa receita não pode ser feita com as batatas descascadas.

Confiram a receita original em FOOD 52

  • 1kg de batatas Astérix
  • sal grosso

Preparar é mais fácil ainda:

Peguem seus ingredientes

Agora basta dispor as batatas em uma panela, colocando-as uma ao lado da outra, e não uma por cima da outra.

Adicionar duas colheres cheias de sal grosso por cima de todas as batatas

batata1

Adicionar água suficiente para cobrir todas as batatas (não colocar muita água).
Muito IMPORTANTE: utilizar uma panela bem larga a fim de facilitar a evaporação.

batata2

Cozer as batatas com a panela destampada e em fogo bem lento, a fim de as batatas pegarem bastante sabor. Desligar o fogo quando a água tiver evaporado por completo.

batata3

Servir com uma boa quantidade de azeite por cima ou, então, com um bom molho pesto e, cuidado com o excesso de sal. Sim, ele é bom! Mas não em demasia.

Porque batatas asterix? (apesar de a foto estar a batata inglesa tradicional)

Pelo simples motivo que aqui no Brasil as batatas tendem a terem muita umidade em sua polpa e as batatas asterix são boas para elaborarem esta preparação pois, não absorvem tanta água de cocção. Deixando as suas batatas ainda mais macias e com mais sabor.

Um abraço  a todos e boas batatas!!!

Menu completo para os dias de calor.

Esse post foi feito em memória de um projeto que nunca fora para frente. Como ele estava em minha gaveta decidi lançar e compartilhar com vocês.

Era para ser uma reportagem sobre o verão, então não espantem o cunho da mesma. Apesar do nosso frio de inverno a opção continua sendo uma ótima saída para quem que pratos refrescantes, saudáveis e de baixa caloria

O fotografo do trabalho é o Daniel Santos

A cozinha utilizada foi a do MISE EN PLACE – Escola de Gastronomia, agradeço a eles pela colaboração

Um forte abraço a todos e espero que gostem.

_____________________________________________________________

Verão, calor, sol, praia, nada melhor que começar a estação mais preferida dos cariocas.

Para começar preparei um cardápio com pratos leves e perfeitos para quem deseja uma refeição de baixa caloria e nutritiva para poder curtir diversas atrações.

A salada desse verão está na combinação perfeita de frutas, boas folhas de alface e um bom molho, que seja sempre bem refrescante e que abra suas papilas para o restante dos pratos.

A opção de um sanduíche é interessante para aquele dia corrido que não se tem muito tempo para fazer uma comida elaborada. Mesmo assim trata-se de uma opção que pode ficar muito interessante e diferente.

Mas atenção apesar do prato principal ser um sanduíche, ela não deverá ser feita rotineiramente.

Para finalizar uma sobremesa leve, refrescante, saborosa e acima de tudo pouco calórica a combinação de mousse de iogurte com frutas vermelhas cai muito bem com o calor de nossa cidade. Mas atenção, não é porque é pouco calórica que poderemos sair atacando um pote inteiro de mousse. Moderação acima de tudo faz parte do nosso dia dia.

Para acompanhar esse cardápio segue aqui algumas sugestões feitas pelo nosso sommelier Joe Laurentino.

Com a Salada com certeza poderemos escolher um prosecco brut, pois seu toque levemente adocicado de frutas cítricas vai na vibração dos tons ácidos da cinagrete, delirante a sensação de comer e beber o verão

Para o prato principal, o sanduíche fica descontraído um vinho rose que particularmente acho ideal para a ocasião. Caso alguns dos nossos leitores tenham alguma resistência a essa maravilha vai a dica: um Valpoliccela joven ou um pinot noir do chile, é uma excelente pedida.

Por ultimo vamos ao clássico, um porto Ruby climatizado. Sei que está muito quente para o verão, no entanto o porto casará perfeitamente com os sabores da sobremesa.

Entrada:

– salada de peras com vinagrete de mostarda picante

Prato principal:

-Sanduíche aberto veraneio

Sobremesa

– mousse aerada de iogurte com calda de frutas vermelhas

Salada de Peras com vinagrete de mostarda.

Cortar as peras em laminas bem finas.

_DSC0744

 

Em uma frigideira dispuser um feio de azeite nela, deixar esquentar e colocar as peras uma a uma na frigideira. Grelhar de ambos os lados e reservar até que fiquem frias;

_DSC0751

Cortar os pepinos em rodelas bem finas.

_DSC0765

Colocar em um bowl as peras, os pepinos e cortar as folhas de alfaces já previamente higienizadas com as mãos e reservar.

_DSC0779

Cortar o queijo em fatias finas e triangulares

_DSC0784

Para o molho de mostarda, misturar os seguintes ingredientes: azeite, mostarda djon, vinagre, açúcar. Bater bem até que se homogeneíze tudo.

_DSC0795

Misturar tudo em um bow dispuser no prato e servir.

_DSC0809 _DSC0812

Sanduíche aberto veraneiro

Ralar a abobrinha e a cenoura e reservar.

_DSC0945

Picar as uvas passas.

Em um bowl, misturar as abobrinha, cenoura e as passas.

_DSC0954

Sob o pão, passar uma boa camada de requeijão sobre ele.

_DSC0965

Colocar depois as fatias de peito de peru e a mistura de cenoura,  abobrinha e uvas passas_DSC0969_DSC0973

Temperar com um pouco de pimenta do reino.

Servir

_DSC0979

Mousse aerada de iogurte com frutas vermelhas

Cortas as frutas vermelhas em fatias finas.

_DSC0838

Em uma panela colocar as frutas vermelhas, as folhas de hortelã picadas, a manteiga e o açúcar para derreter e formar uma calda bem brilhante. Caso necessite colocar um pouco de água para a calda ficar mais líquida.

_DSC0853

Adoçar ligeiramente o iogurte.

_DSC0867

Hidratas a gelatina em um pouco de água e misturar com o iogurte com o auxílio de um fouet.

_DSC0878

Bater as claras em neve e volver cuidadosamente no iogurte natural.

_DSC0888

Dispuser o iogurte natural em copos individuais e deixar gelar.

_DSC0908

Quando o iogurte estiver duro, colocar a calda de frutas vermelhas por cima, fazendo duas camadas.

_DSC0915

Decorar com folhas de hortelã

_DSC0926

Está pronto o cardápio. Lembrando que esta é uma refeição baixo Calórica e dietas desse tipo devem ser sempre acompanhadas com a supervisão de um Nutricionista.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

FICHAS TÉCNICAS :

Nome: saladas de peras com vinagrete de mostarda picante

Rendimento: 1 pessoa

Ingredientes quantidade
Peras maduras e firmes 1 und.
Folhas de alfaces variadas 5 und
Pepino japonês ½ unidade pequena
Azeite 1 colher de sopa
Mostarda djon ½ colher de café
Vinagre de vinho tinto ½ colher de sopa
Açúcar 1 pitada

Preparo:

  1. Cortar as peras em filetes e reservar.
  2. Em uma frigideira dispuser um feio de azeite nela, deixar esquentar e colocar as peras uma a uma na frigideira. Grelhar de ambos os lados e reservar até que fiquem frias;
  3. Cortar as folhas de alfaces já previamente higienizadas com as mãos e reservar
  4. Cortar os pepinos em rodelas bem finas.
  5. Misturar os seguintes ingredientes para o molho: azeite, mostarda djon, vinagre, açúcar. Bater bem até que se homogeneíze os ingredientes
  6. Misturar em um bow todos os ingredientes da salada e servir.

 

VALORES NUTRICIONAIS

Composição Acumulada (Peso Total: 232 g )

Calorias:
136.92 kcal

Glicídio:
20.8 g

Proteínas:
1.93 g

Lipídios:
5.09 g

Cálcio:
67.2 mg

Fósforo:
64.05 mg

Ferro:
1.91 mg

Nota: Os valores apresentados devem ser usados apenas como referência. Para cálculo da composição química e valor energético dos alimentos, visando o estabelecimento de dietas alimentares, consulte um profissional habilitado

 

 NOME: Sanduíche aberto Veraneiros

Rendimento: 1 pessoa

Ingredientes Quantidade
Pão Italiano 2 fatias grandes
Queijo tipo requeijão cremoso 1 colher de sopa
peito de peru defumado 3 fatias
Cenoura ½ unidade
Abobrinha ½ unidade
Sal A gosto
Pimenta A gosto
Uvas passas 1 col

Preparo:

  1. Ralar as abobrinhas e as cenouras reservar.
  2. Picar as uvas passas.
  3. Em um bowl, misturar as abobrinha, cenoura e as passas.
  4. Sob o pão, passar todo o requeijão sobre ele.
  5. Colocar depois as fatias de peito de peru e a mistura de cenoura,  abobrinha e uvas passas.
  6. Temperar com um pouco de pimenta do reino.
  7. Servir

VALORES NUTRICIONAIS

Composição Acumulada (Peso Total: 295 g )

Calorias:
432,81 kcal

Glicídio:
65,98 g

Proteínas:
22,6 g

Lipídios:
8,86 g

Cálcio:
92,95 mg

Fósforo:
311,4 mg

Ferro:
3,46 mg

 

Nota: Os valores apresentados devem ser usados apenas como referência. Para cálculo da composição química e valor energético dos alimentos, visando o estabelecimento de dietas alimentares, consulte um profissional habilitado

Nome: Mousse aerada de iogurte com frutas vermelhas

Rendimento: 1 pessoa

Ingredientes Quantidade
Iogurte natural 1 pote
Ovo (somente clara) 1 unidade
Gelatina em pó 5gr
Açúcar A gosto
Açúcar de confeiteiro A gosto
Canela em pau A gosto
Frutas vermelhas 100gr
Hortelã A gosto
Manteiga 1 colher de café

Preparo:

  1. Cortas as frutas vermelhas em fatias finas.
  2. Em uma panela colocar as frutas vermelhas, as folhas de hortelã picadas, a manteiga e o açúcar para derreter e formar uma calda bem brilhante. Caso necessite colocar um pouco de água para a calda ficar mais líquida.
  3. Adoçar ligeiramente o iogurte.
  4. Hidratas a gelatina em um pouco de água e misturar com o iogurte com o auxílio de um fouet.
  5. Bater as claras em neve e volver cuidadosamente no iogurte natural.
  6. Dispuser o iogurte natural em copos individuais e deixar gelar.
  7. Quando o iogurte estiver duro, colocar a calda de frutas vermelhas por cima, fazendo duas camadas.
  8. Decorar com folhas de hortelã

VALORES NUTRICIONAIS

Composição Acumulada (Peso Total: 265 g )

Calorias:
262.44 kcal

Glicídio:
37.83 g

Proteínas:
16.91 g

Lipídios:
4.94 g

Cálcio:
148 mg

Fósforo:
133.65 mg

Ferro:
1.24 mg

 

 

 

Nota: Os valores apresentados devem ser usados apenas como referência. Para cálculo da composição química e valor energético dos alimentos, visando o estabelecimento de dietas alimentares, consulte um profissional habilitado

Pão de Queijo Escaldado

Saindo um pão de queijo quentinho do forno.

Receita simples, fácil e prática

paodequeijo

Pão de Queijo Escaldado

INGREDIENTES

  • Polvilho doce 500g
  • leite 200ml
  • água 200ml
  • Óleo de soja 170g
  • Ovos 3 unidades
  • Queijo minas 500g
  • Sal 10g

MODO DE PREPARO

    1. Ralar o queijo e deixar reservado
    2. Em uma panela adicionar o óleo o leite e a água, colocar em fogo alto e deixar ferver;
    3. Em um bowl de aço inox misturar o polvilho doce com o sal;
    4. Despejar sobre o polvilho o líquido fervendo e ficar mexendo até que tudo fique bem homogêneo (dê preferência para o uso com batedeira, pois, facilita o trabalho). Quando em batedeira, colocar o polvilho para bater na batedeira em velocidade 1 e ir despejando aos poucos o líquido fervente (tome muito cuidado para não respingar o líquido quente)
    5. Depois da massa homogênea, juntar o queijo ralado; misturar novamente até a massa ficar homogênea
    6. Modelar no tamanho que for mais adequado
    7. Assar por 15 minutos em forno a 200ºC

Observações

Voce pode acrescentar a sua receita outros tipo de queijos, cada queijo dará uma consistência diferente na massa. Queijo parmesão por exemplo, deixa a casca mais crocante; Queijo minas meia cura tendem a deixar o pão de queijo com a textura mais “puxante” de queijo quando se parte eles no meio. Um queijo também muito bom de se usar é o queijo minas padrão.

Quando acrecentar um queijo lembre-se de descontar da quantidade total de queijo (500g).

Cada queijo dará uma consistência única a sua receita e isso abre um leque gigante de possibilidades. Devido aos diversos tipos de queijos no mercado a sua receita pode “tomar” diversas possibilidades algumas até indesejáveis como, por exemplo: oco por dentro e muito crocante por fora indica uma utilização muito grande de queijo parmesão na receita.

Essa é uma receita de pão de queijo escaldado, e por ser feito dessa maneira torna o produto final mais gorduroso, porém mais fácil de trabalhar.

Suflê de goiabada

sufleSuflê é sempre uma receita incrível e multifacetada, combina com praticamente tudo

INGREDIENTES

  • 4 claras
  • 1 pitada de sal
  • 200g de goiabada
  • 50 a 100ml de leite
  • açúcar a gosto

MODO DE PREPARO

  1. Colocar a goiabada em uma panela pequena e levar ao fogo para derreter com um pouco do leite. Deixar no fogo até que derreta por completo. A consistência da goiabada deve ser cremosa não muito consistente nem muito líquida. Deixar esfriar até ficar amornado (importante não se pode juntar as claras se estiver muito quente);
  2. Bater as claras juntamente com o sal até ficar em ponto de neve. A consistência da clara deve ser bem firme a apresentar bicos uniformes quando se tira o batedor das claras.
  3. Com o auxílio de uma espátula de silicone, coloque aos poucos a goiabada derretida sobre as claras em neves. Volver com muito cuidado para não destruir as claras em neve. Adicionar em formas pequenas de porcelanas e levar ao forno a 180ºC por 10 minutos aproximadamente.

Observação: Normalmente não se desenforma suflês, porém, caso deseje, unte as formas com manteiga e açúcar. Para desenformar é importante que você tenha colocado o suflê em formas pequenas.

Risoto de gorgonzola com cranberries

risotocranberrie14

Minha inspiração para a elaboração dessa receita surgiu quando passei no Paraguai e, vi Cranberries desidratados para vender. Na mesma hora, apaixonei-me pelo produto, minha vontade era levar uma caixa inteira para mostrar no Brasil. Havia uma infinidade de produtos que não conseguimos ver em nossas prateleiras.

Na hora resolvi fazer um risoto, pois ele combina com tudo, seja em uma preparação doce, salgada ou mista. Ele se ajusta perfeitamente com diversos espectros de sabores.

A receita é super simples de se fazer e segue a base de risoto tradicional.

Logo abaixo da receita, inseri o passo a passo com fotos.

Redimento: 2 pessoas

tempo de preparo: 15 a 20 minutos

INGREDIENTES

risotocranberrie5

  • 1/2 cebola
  • 1 xícara (chá) de cranberry desidratado
  • 100g de gorgonzola
  • 1 cálice de vinho branco seco
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 150g de arroz arbóreo
  • 4 a 5 cálices de água

MODO DE PREPARO

    1. Cortar a cebola em quadradinhos pequenos;
    2. Em uma frigideira média, colocar 1 colher (sopa) de manteiga e deixar derreter;
    3. Acrescentar a cebola e refogar até que fiquem transparentes;
    4. Acrescentar os Cranberries na frigideira e deixar refogar por mais um minuto;
    5. Acrescentar o arroz e refogar por mais um minuto;
    6. Acrescentar o cálice de vinho e mexer o arroz até que o vinho evapore por completo;
    7. Ir acrescentando água ao arroz aos poucos e sempre mexendo vigorosamente;
    8. Acrescentar metade do gorgonzola a preparação e mexer sempre;
    9. Ir acrescentando água ao arroz até que ele fique no aspecto “ao dente” (uma textura de semi-cozido);
    10. Quando o arroz estiver “ao dente” colocar no final uma colher de manteiga e mexer muito bem e, logo em seguida acrescentar o restante do gorgonzola picado e mexer novamente;
    11. Servir ainda quente;

DICAS:


Para o preparo do risoto fogo sempre médio para baixo.

Como sei da dificuldade de encontrar Cranberries desidratados no Brasil, essa receita também é válida para qualquer fruta desidratada que mescle bem com o gorgonzola. O que não é difícil, pois o gorgonzola combina também com uma infinidade de produtos, como: damasco seco, pêra desidratadas, ameixas secas (usar metade da quantidade), figo desidratado, dentre outras.

Usei água ao invés de caldo, eu prefiro, pois os caldos industrializados modificam o sabor do alimento e, mesmo se tivesse um fresco preferiria a água por ser neutra e, deixar “fluir” melhor o paladar, pois queria dar ênfase à mistura do sabor do cranberry com o gorgonzola.

Related articles