Arquivo da tag: Alimentação Saudável

Bolo Fluffy de banana 100% integral!!!

IMG_5775

Vocês devem estar se perguntando, o porque o fluffly no bolo!

A ideia de chamar ele de fluffy veio de tentar fazer um bolo integral que fosse mais macio do que os convencionais.

Não que eu tenha inventado a roda, afinal fazer bolo de banana está longe de ser inventado nos dias de hoje.

O cerne primal de fazer o bolo também é chamar a atenção de vocês para fazer mais preparações integrais. Mas não basta colocar farinha de trigo integral no bolo e sorrir para o universo!!! Tem que entrar no X do integral…

É usar todos as matérias primas em seu moto integral na sua integralidade!!!

Culturalmente tiramos as cascas de muitos alimentos que eles poderiam ir necessariamente com a casca que iriam ficam tão gostosos quanto!

Mas vamos a receita!!!

Ingredientes:

  • 400 g de farinha de trigo integral
  • 200 a 250g de açúcar mascavo ou demerara
  • 3 ovos
  • 40ml de azeite
  • 3 a 4 bananas com casca
  • 20g de fermento químico (2 colheres de sopa cheias)
  • 1 colher de café de sal

Preparo:

Separar as gemas das claras. Bater as claras até em ponto de claras em neve e reservar.2015-05-16 17.50.50

Em uma batedeira, colocar todos os ingredientes menos as claras em neve e a banana.

Bater tudo até ficar uma massa homogênea.

Cortar as bananas em rodelas com casca e tudo (usar uma boa faca de serra ou então uma faca afiada para isso, mas atenção: lave muito bem as bananas antes. deixando-as de molho em solução hipoclorito e depois lavar muito bem com uma esponja macia e sabão, afinal você estará comendo a casca da fruta)

adicionar a mistura na batedeira e bater bem. Tome cuidado para não desmanchar todas as bananas deixando a massa com pedaços de banana para caracterizar o bolo como tal.

Agora adicione as claras em neve na cuba da massa e ir volvendo as poucos até misturar a massa por completo (se misturar muito forte irá perder as claras em neve e o bolo não ficará FLUFFY. 😦

Caso deseje deixá-lo mais macio adicione ao bolo mais 1 a 2 claras!

Colocar em forno médio e em forma untada por aproximadamente 40 minutos.

Espero que tenham gostado.

A ideia partiu de fazer um bolo o máximo possível sem industrializados chegando ao mais próximo do bolo caseiro que os nossos antepassados faziam quando não existia todos os nossos alimentos refinados e industrializados!!!

Reclamações de plantão: o bolo não fica muito doce!!! ele não está dão docinho!!! foi feito exatamente para ser assim, sem muito açúcar, pois no passado açúcar era artigo de luxo e os nossos bolos antigamente quase não eram adoçados. Usava-se muito o suco de algumas frutas para adoçar o bolo ou a preparação.

O bolo não está tão fofinho assim!!! É impossível fazer uma preparação sem produtos refinados e deixá-lo da mesma maneira que os refinados, portanto: bolo integral, jamais será igual ao bolo com farinha branca. Acontece que nele estamos usando uma farinha que nos faz algum bem… Já a farinha branca de nada nos trás.

Considerem essas questões na hora de comer algum produto integral!!!

IMG_5777

Anúncios

Pão integral fresquinho!!!

A receita de hoje é um pão integral 70% que sempre faço aqui em casa. Dificilmente compro pão de forma ou francês, prefiro sempre fazer meus pães.

Assim sei exatamente a procedência deles e fora que, acordar pela manha com um pão fresquinho e quentinho é muito mais gostoso.

Nesse pão utilizo 70% de farinha integral e 30% de farinha de milho. Porém,  podem substituir pelos 30% de ferinha branca.

Mas porque farinha integral?

É mais saudável, é rica em fibras, é rica em minerais no qual a farinha branca não tem. Prefiro ficar com a integral.

O pão fica com gosto de amêndoas e castanhas torradas, por conta do próprio sabor da farinha.

Ingredientes

  • 350g de farinha de trigo integral
  • 150g de farinha de milho fina (fubá)
  • 40g de açúcar demerara ou mascavo
  • 40g de azeite virgem ou extra virgem
  • 5g de sal
  • 15g de fermento biológico fresco ou7g de fermento seco
  • 250 a 300ml de água (aproximadamente)

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes com exceção da água.

Vá introduzindo a água aos poucos até ficar uma massa bem homogênea. Tome cuidado para não colocar os 300ml de água de uma vez só. Pois em alguns casos a massa não necessita de tanta água assim. Se colocar muita água, 2015-05-14 22.01.14você terá que acrescentar mais farinha de trigo para dar ponto na massa novamente.

Depois de formar uma massa homogênea onde ela desgrude da mão, solve a massa por aproximadamente 15 a 20 minutos. Esse tempo é importantíssimo pois o trigo integral possui muita fibra e exige uma sova mais longa. Caso contrário, terá um pão borrachudo.

Faça uma grande bola com a massa, e deixe-a descansar por aproximadamente 20 minutos.

Depois disso, faça 3 bolas menores tomando o cuidado para deixar a massa bem homogênea e sem “rasgos” na hora de bolear (no caso, eu fiz formato padrão de pão mesmo).

Coloque em uma assadeira untada levemente com azeite e deixe fermentar por aproximadamente 3 a 4 horas (ou até que atinjam 2,5 x o tamanho original), em um local fresco e arejado, com um pano ligeiramente úmido por cima do pão.

Antes de assar, coloque o forno no máximo por 10 minutos.

Colocar os pães no forno e deixar assá-los em temperatura máxima por 10 minutos. Depois disso, abaixar a temperatura para 180 a 200ºC por mais 20 minutos aproximadamente.

O pão estará pronto quando formar uma leve casca amarronzada por cima dele.

2015-05-15 07.48.05

A “Gourmetização” é mais antiga que a sua avó!!!

Para quem pensa que a “gourmetização” é algo moderno.

Achamos que muitos chefs e empresas estão se utilizando do “boom” da gastronomia em seus tempos modernos para fazer valer e vender os seus produtos.

Mas discordo disso veementemente. A prova disso: é esse anúncio da Nestle de 1932. Logo quando o Leite condensado foi lançado no Brasil. O anúncio tinha a finalidade de promover o consumo e o aumento do produto.

Sua descrição expressa nada mais do que a própria “gourmetizaçao” em si.
Com esse descritivo, até se compra a ideia.


Segue o anúncio:

“NENHUMA ALIMENTO É TÃO BENÉFICO, PRÁTICO E NUTRITIVO COMO O LEITE CONDENSADO MOÇA. PREPARADO COM LEITE FRESCO DOS MAIS PUROS E SADIOS. O LEITE MOÇA TEM AINDA A VANTAGEM DE SER CONCENTRADO SOB VÁCUO A BAIXA TEMPERATURA E CONTER NO ESTADO NATURAL VIVAS E INTACTAS TODAS AS VITAMINAS DO LEITE FRESCO. NA CALMA DE SEU LAR, EM APRAZÍVEIS PASSEIOS DOMINGUEIROS OU AGORA, NO TUMULTO DAS TRINCHEIRAS UMA LATA DE LEITE CONDENSANDO MOÇA É SUA RESERVA PRECIOSA DE ENERGIA, QUE MAL SE ABRE JÁ ESTÁ PRONTA PARA USO. NÃO DEIXE QUE A SUA CASA SINTA FALTA DE ALGUMAS LATINHAS DE LEITE CONDENSADO MOÇA”

“Na verdade toda essa palhoça significa: “eu sou um leite que foi acrescido de 30% de açúcar de seu peso bruto e retirado 60% de sua água de seu peso bruto. O resto é blábláblá….”

Do leite condensado de 1932 para o nosso futurista de 2015 pouco se mudou. Alias tudo continua o mesmo processo.

O importante é conotar sobre como o marketing daquela época, continua tão agressivo quanto o de hoje. “Leite fresco e puro”, ONDE???

Não sou contra a sua utilização, mas acho que todos nós devemos ter o consumo consciente! E para isso devemos nos indagar ao menos do que estamos comendo ou comprando. Seja nas gôndolas do supermercado ou no novíssimo restaurante que acabou de inventar o mais novo sorvete de creme “gourmet”.

O mais importante, devemos ser sempre críticos do que estamos comendo!!!

anuncio da nestle 1932

Tabela de Safra de Frutas

laranja

Uma boa tabela de Safra para frutas é fundamental para sabermos que frutar iremos comprar ou servir.

É muito importante que tenhamos um consumo de frutas adequado, por isso uma tabela de safras é primordial para que saibamos qual frutas está na época.

Tabela de safras-page-001

Decorando com Temperos. Uma ideia criativa e gostosa

Vamos decorar nossas casas com alimentos?

A magia da Natureza está nos detalhes que somente ela pode nos proporcionar.

Deixar um tempero crescer dentro de uma taça de vidro ou mini vasinho pode ser um excelente elemento decorativo e ainda por cima, de tempos em tempos, ainda pode comer a decoração.

Vejam como fica fácil:

1 – Cebolinha:

Como fazer: Mergulhando-as em um copo com água, que deve ser trocada todos os dias, em breve, você contará com uma plantação de cebolinhas hidropônicas

2 – Alho:

2alho

o alho, apesar de você não conseguir aproveitar o dente, suas folhas que crescem dão um excelente tempero e sabor marcante de alho e fica lindo na janela da sua casa também.  Suas folhas vão muito bem com, carnes cozidas, batatas e legumes em geral.

Como fazer:  Se você mergulhar os dentes de alho em um copo com um pouco de água (sem cobri-los) e trocá-la sempre que ela ficar turva, logo irá se deparar com os brotos de alho. Em dez dias você já poderá cortar.

3 – Manjericão

5manjericao

O manjericão dá um pouco mais de trabalho para se fazer, porém fica muito delicado em cima de um móvel solitário ou em uma prateleira.

Como fazer:  Separe um galhinho do manjericão e corte com uma faca de lâmina afiada logo abaixo dos nós (de onde saem novas folhas e galhos), deixando a muda com cerca de 10cm de altura. Tire todas as folhas dos galhinhos, deixando apenas as da parte superior. Mergulhe-os em um copo cheio de água, deixando apenas as folhas para fora. Mantenha o copo em um local fresco, mas que bata a luz do Sol, e troque a água de vez em quando. Raízes vão nascer e quando atingirem cerca de 5cm de altura, separe cada galhinho em um novo copo. Cuide para que as plantas tomem cerca de 6h de Sol por dia. Demora um pouco, aproximadamente 45 dias mas ficarão lindos.

Com isso ainda conseguimos alguns temperos orgânicos que irão ir além de uma decoração qualquer. Poderá comer e temperar suas comidas e sempre terá novos sabores em sua mesa.

Folhas de cenoura – Uma maravilha esquecida pelos tempos modernos

folha-de-cenoura-620x407

Lembro quando antigamente, há muito tempo, ia na feira do bairro peixoto em Copacabana e tinha um feirante que sempre trazia suas cenouras com suas folhas. Na época, não me dava conta da maravilha que ele vendia e não sabia.

Hoje apesar de raros de serem encontradas nos supermercados, acha-se ainda com certa facilidade em feiras livres e principalmente as de orgânicas.

Se for comprar, prefira sempre as orgânicas por serem mais benéficas a nossa saúde.OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Porém existe uma maneira muito fácil de fazê-las, basta cortar suas bases em um pote de plastico com uma camada de fio de água e pronto, colocar na janela e esperar a mãe Natureza fazer todo seu magnífico trabalho.

As folhas de cenouras, além de possuírem muita fibras são ricas em vitamina C e Beta Caroteno, transformando-as em um alimento extremamente nutritivo e muito saboroso. Aliados a uma salada, você conseguirá enriquecer um prato e ainda dar um leve toque desse incrível sabor.

a17tb03

Não tem salsa? utilize as folhas de cenoura como uma falsa salsa que ficara delicioso. Suas folhas quando picadas assemelham-se a salsa, ficando muito parecido.

crop_carrot

As folhas de cenouras vão muito bem como saladas, e deixam um leve gosto crocante nelas. Experimente nessa deliciosa salada de folhas rusticas com alface roxa, alface americana, folhas de cenoura e chicória. Basta adicionar um delicioso Sour Cream que fica perfeita.

salada com folhas de cenoura

A incrível variedade de pratos que podemos criar com esse alimento me surpreende. Podemos fritar suas folhas e fazermos uma deliciosa tempura de folhas de cenoura.

A receita básica de massa de tempura é: (com essa massa você também poderá fazer bolinhos de cenoura)

Ingredientes:

  • 01 ovo
  • 01 xícara de água gelada
  • 01 xícara de farinha de trigo peneirada
  • sal e pimenta para temperar

Preparo:

Numa tigela média junte o ovo e a água e mexa bem; junte a farinha de trigo, aos poucos, mexendo bem. Utilize a massa enquanto ainda está fresca.

Dicas para a fritura:

  • Para verificar a temperatura apropriada, deixe cair um pouco da massa no óleo quente. Se a massa mergulhar até a metade do nível do óleo e voltar à superfície a temperatura está ideal.
  • Quando estiver retirando a fritura do óleo, não sacuda. Simplesmente, mantenha um pouco acima do óleo por alguns instantes, até que escorra.

Bolinho-de-Cenoura-com-Folhas

Conheça oito alimentos que podem aumentar o risco de câncer

Reportagem tirada do site yahoo, finalmente uma matéria que NÃO É PERDA DE TEMPO por completo. A matéria feita com o Nutricionista Fábio Gome do INCA está muito bem centrada nos alimentos que quando consumimos em demasia e sem controle.

Claro que muita coisa se ingerida em excesso promove o câncer. Devemos sempre usar o bom senso em nossa alimentação. O melhor dos mundos é sempre manter uma atividade física moderada associada com uma alimentação saudável.
Alguns alimentos realmente são grandes vilões e não consigo entender porque vejo tanta receitas DITAS COMO SAUDÁVEIS com eles como por exemplo os embutidos.

Para mim embutido é embutido e jamais será saudável mesmo o blanquet de peru light da sadia.

blanquet

Outros como carnes grelhadas coccionadas em altas temperaturas, acredito que mesclando-as ao longo de nossas vidas, não acarretaremos grandes problemas. Assim como ele comenta no tópico 7 sobre cocções em altas temperaturas eu diria que as carnes preparadas no char broiler (como a imagem abaixo), seriam um dos maiores problemas, pois o equipamento adquire altíssimas temperaturas para grelhar carnes. Mas como falei: parcimônia na alimentação acima de tudo!

De um modo geral a reportagem é muito boa e dissemina a cultura do alimentar de forma mais saudável.

Um abraço a todos e uma ótima Sexta Feira.


SEGUE A MATÉRIA

1 – Carnes processadas

salsichaLinguiça, salsicha, bacon e até o peito de peru contêm quantidades consideráveis de nitritos e nitratos. Essas substâncias, em contato com o estômago, viram nitrosaminas, substâncias consideradas mutagênicas, capazes de promover mutação do material genético.

“A multiplicação celular passa a ser desordenada devido ao dano causado ao material genético da célula. Esse processo leva à formação de tumores, principalmente do trato gastrointestinal”, explica Fábio Gomes.

A recomendação do especialista é evitar esses alimentos, que não contribuem em nada com a saúde.


2 – Refrigerantes

A bebida gaseificada, além de conter muito sal em forma de sódio, possui adoçantes associados aorefrigerante-1 aparecimento de câncer. O ciclamato de sódio, por exemplo, é proibido nos Estados Unidos, mas ainda é utilizado no Brasil, principalmente em refrigerantes “zero”. “Essa substância aumenta o risco de aparecimento de câncer no trato urinário”, conta Fábio Gomes.

Quanto aos adoçantes que podem ser adicionados à comida ou à bebida, o nutricionista diz que ainda não há comprovação científica. “O ideal é que o adoçante seja usado de forma equilibrada, pois é um produto destinado a pessoas com diabetes e não deve ser consumido em excesso pela população em geral”, aponta.


3 – Alimentos gordurosos

BaconFábio Gomes explica que não é exatamente a gordura a principal responsável pelo aparecimento de câncer, e sim a quantidade de calorias que ela agrega ao alimento. A comida muito gordurosa é densamente calórica, ou seja, tem mais que 225 calorias a cada 100 gramas do alimento. “Por esses alimentos geralmente serem pobres em nutrientes, é preciso ingeri-los em grandes quantidades para obter saciedade, o que leva ao superconsumo”, conta o nutricionista do INCA.

Em excesso, esses alimentos provocam obesidade, que é fator de risco para câncer de pâncreas, vesícula biliar, esôfago, mama e rins. A célula de gordura libera substâncias inflamatórias, principalmente hormônios que levam a alterações no DNA e na reprodução celular, como o estrogênio, a insulina e um chamado de fator de crescimento tumoral.


4 – Alimentos ricos em sal

“Se ingerido em quantidade maior do que cinco gramas por dia, o sal pode lesar as células que estão na parede do estômago”, explica o nutricionista Vinicius Trevisani, do Instituto do Câncer de São Paulo. Essa agressão gera alterações celulares que podem levar ao aparecimento de tumores.

Procure evitar alimentos ricos em sal ou mesmo aqueles que usam sal para aumentar o tempo de conservação, como os congelados e os comprados prontos que só precisam ser aquecidos.

Entram nessa lista: carne seca, bacalhau, refrigerantes, pizzas congeladas, iscas de frango empanadas congeladas, macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote, entre outros.

sal


5 – Churrascochurrasco

Na fumaça do carvão há dois componentes cancerígenos: o alcatrão e o hidrocarboneto policíclico aromático.”Ambos estão presentes na fumaça e impregnam o alimento que é preparado na churrasqueira”, explica Fábio Gomes. “Eles também possuem fatores mutagênicos que levam ao aparecimento de tumores.”


6 – Dieta pobre em fibras

O nutricionista Vinicius Trevisani explica que o intestino se beneficia muito pelo consumo adequado de fibras. Elas garantem um bom trânsito intestinal, de modo a eliminar os ácidos biliares secundários, um produto da digestão presente no intestino. Isso evita a agressão às células do intestino e a multiplicação celular descontrolada.

batata


7 – Preparo com altas temperaturas

Alimentos fritos ou grelhados também incorporam algumas substâncias cancerígenas. Ao colocar o alimento crucharbroiler em óleo ou chapa muito quentes (com temperatura aproximada de 300 a 400°C), são formadas aminas heterocíclicas – substâncias que contêm fatores mutagênicos e estimulam a formação de tumores.

O nutricionista Fábio recomenda preparar as carnes ensopadas – modo de cozimento em que não há nenhuma formação de aminas-, ou ainda prepará-las no forno. Dessa maneira, a temperatura do alimento aumenta gradualmente e não chega a níveis tão altos.


8 – Alimentos com agrotóxicos

Não existe uma forma eficiente de limpar frutas, verduras e legumes dos agrotóxicos. “Muitas vezes, esses conservantes são aplicados nas sementes e passam a fazer parte da composição do alimento”, aponta Fábio Gomes. Ele explica que o agrotóxico provoca vários problemas de saúde em quem tem contato direto com esses alimentos, mas ainda está em estudo a sua real contribuição com o aparecimento do câncer.

Como ainda existem dúvidas sobre esses efeitos, o nutricionista orienta evitar opções ricas em agrotóxicos. É melhor consumir alimentos cultivados sem o produto químico, que comprovadamente têm mais vitaminas, minerais e compostos quimiopreventivos. “Estes compostos atuam na proteção e reparação celular frente a uma lesão que pode gerar câncer”, afirma.

agrotoxicos