Arquivo da tag: Bacalhau

Bacalhau em 20 minutos!!!

bacalhau2

Como o nome mesmo diz: é um bacalhau para ser feito em 20 minutinhos.

Para aqueles dias, que você quer fazer uma comida: saborosa, com sabor delicado, FÁCIL e ainda por cima RÁPIDA.

Sou fã da praticidade em casa, não é porque sou chef e trabalho excessivamente em cozinha que não me possa dar ao luxo de elaborar pratos simples. Alias, não é porque o prato é simples de elaborar que não seja valorosamente especial ou bonito de se ir na mesa.

Afinal, depois anos de experiência o fácil, é uma palavra um pouco tanto complicada de ser empregada. Pois, tudo torna-se relativamente fácil quando se é experiente. Não obviamente me gabando que sei fazer tudo no universo. Mas o compreendimento na cozinha fica digamos mais simples. Como uma soma de matemática: você olha e sabe como resolver sem precisar pegar uma calculadora.

Bom vamos a receita:

Ingredientes:

  • 2 postas de bacalhau dessalgadas;SONY DSC
  • 1/2 cebola roxa cortadas em rodelas;
  • 2 dentes de alho laminados;
  • azeite em abundância (usei aproximadamente 30 a 50 ml);
  • salsa picada;
  • batatas calabresas cortadas no meio;

Modo de preparo:

Uma orientação nesse caso: eu preferi usar um bacalhau dessalgado pela facilidade.bacalhau-segunda-2

Para essa receita, não iremos pré cozer o bacalhau (justamente porque já está dessalgado e não precisa de tratamento de dessalga);

Retirar com uma faca afiada a pele do bacalhau e colocar as postas em um refratário;

Colocar por cima a cebola roxa cortada e os dentes de alho laminados;

Salpicar a salsa picada;

Dispuser sobre tudo, as batatas por cima de tudo;

Salpicar um pouco de sal em cima das batatas;

Regar tudo com azeite extravirgem e colocar em forno alto por aproximadamente 20 a 30 minutos.

O azeite irá cozer o bacalhau de forma como você jamais sentiu.

Lembrando que: você pode sim usar um bacalhau comum e dessalgar, mas para fazer como eu fiz deve-se ter certeza absoluta que o bacalhau está sem sal senão, irá arruinar seu prato.

Espero que tenham gostado.

IMG_20140907_143301832

Anúncios

Fraude Alimentar em Portugal. Peixe Caracol é vendido como bacalhau

Reportagem exibida no canal RTP e vale a pena darmos uma olhada.

Apesar de bacalhau ser um processo de salga em peixes, não são todos os peixes que merecem levar esse titulo. Para isso ele deve seguir um padrão de peixes específicos:

No Brasil, temos o nosso peixe salgado o chamado Mulato Velho

 3574981416_1cd0dc7403_m

 

Vejam os Tipos de bacalhaus conhecidos:

 

 

 

  • LEGÍTIMO BACALHAU:
Gadus morhua
Gadus morhua (Photo credit: Wikipedia)

O Cod Gadus Morhua é o Legítimo Bacalhau. É pescado no Atlântico Norte e considerado o mais nobre tipo de bacalhau. Tem coloração palha e uniforme quando salgado e seco; quando cozido, desfaz-se em lascas claras e tenras, de sabor inconfundível e sublime. É o bacalhau recomendado em todos os pratos da cozinha internacional.

 

  • BACALHAU MACROCEPHALUS :
    Pacific cod
    Pacific cod (Photo credit: Wikipedia)

    O COD Gadus Macrocephalus, ou Bacalhau do Pacífico, é muito semelhante em aspecto com o Cod Gadus Morhua. Seu habitat é o Pacífico Norte.
    É um peixe claro e tem sido vendido em muitos pontos de venda, devido à semelhança, como sendo Legítimo Porto. Não é fácil diferenciar um do outro: uma das formas é observando bem o rabo e as barbatanas – se tiverem uma espécie de bordado branco nas extremidades, é Macrocephalus. Outra forma é pela coloração: o macro é um peixe bem mais claro (quase branco) que o Legítimo Porto.

 

  • O Saithe é um tipo mais escuro e de sabor mais forte. É o tipo mais importado atualmente e é o campeão de vendas no Nordeste brasileiro. É utilizado para bolinhos, tortas, mexidos, saladas e ensopados de bacalhau.

 

 

  • O Ling é bem claro e mais estreito que os demais. Tem um bom corte e é muito apreciado no Brasil. Sua carne é clara, bonita e muito boa para grelhar.

 

 

  • O Zarbo é um peixe pequeno e claro, que se adapta bem ao corte transversal e tem muito boa rentabilidade.

 

 

Veja a Reportagem na Integra