Arquivo da tag: Cooking

Pão Australiano caseiro

P_20170330_191202.jpg

Agora amigos leitores, vocês não precisam mais ir ao OUTBACK para degustarem aquele maravilhoso pão australiano que é servido por lá.

Pois este que ensinarei é tão bom quanto o da grande rede de restaurantes. Com um grande adicional: você sabe exatamente o que tem dentro do pão que você fez.

Essa receita é muito perfeita, e o pão fica muito parecido com o do Outback. A grande diferença é que no pão servido na rede, ele leva algumas doses de flavorizantes artificiais de mel.

Como eu sei que leva flavorizantes artificiais? Porque ao experimentá-lo é nítido o sabor forçado de mel que dá para sentir do pão.

Uma observação muito interessante sobre pães australianos: eles não existem na Austrália. Sua invenção vem dos EUA e usam como base o pão de centeio australiano. Que, na minha opinião não se parece em nada com o pão australiano.

Principalmente, porque a a base da receita americana para fazer o pão australiano é o mel, cacau e o centeio. Já o pão de centeio australiano não leva mel nem cacau, deixando o pão de centeio australiano com uma colocarão completamente diferente do que conhecemos como “pão australiano”.


Vamos a receita:

  • 500g de farinha de trigo
  • 300g de farinha de centeio
  • 50g de fermento biológico fresco ou 17g de fermento biológico seco
  • 200g de água
  • 4 ovos
  • 30g de cevada
  • 30g de cacau em pó (100%)
  • 100g de mel
  • 50g de melado
  • 100g de manteiga
  • 20g de açúcar mascavo
  • 10g de sal
  • fubá para polvilhar

MODO DE PREPARO:

  1. colocar todos os ingredientes secos em uma tigela funda;
  2. misturar bem;
  3. misturar todos os outros ingredientes com exceção da água;
  4. sovar bem até misturar todos os ingredientes;
  5. ir adicionando água aos poucos até que a massa esteja completamente misturada e não pegajosa, sem que a massa de farinha não grude nas mãos;
  6. sovar bem, por uns 5 minutos na mão (1 a 2 minutos na batedeira na velocidade máxima);
  7. deixar a massa descansando por 20 minutos e sovar novamente por mais 5 minutos (1 a 2 minutos na batedeira em velocidade máxima);
  8. separar a massa na quantidade desejada, fazer os formatos desejados podendo ser os cilindros tradicionais já conhecidos ou bolas;
  9. polvilhar fuba por cima da massa;
  10. com o auxílio de uma faca extremamente bem afiada ou então um estilete faça cortes transversais finos na massa cilíndrica ou então em cruz para as massas no formato de bola.
  11. deixar fermentando lentamente, com um pano úmido por cima. Em um local fresco e arejado por aproximadamente 5 horas. Tomar cuidado e verificar de hora em hora se a fermentação não passou do ponto.
  12. colocar os pães em forno pré aquecido à 300°C, por 15 a 20 minutos e depois diminuir a temperatura do forno para 180°C e deixar por mais 20 minutos. Ou até que os pães estejam assados.
P_20170330_190029.jpg
Os pães já assados, como ficam lindos. Normalmente eles triplicam de volume

Espero que tenham gostado, um grande abraço a todos e não deixem de comentar.

 

 

 

 

 

 

Risoto de gorgonzola com cranberries

risotocranberrie14

Minha inspiração para a elaboração dessa receita surgiu quando passei no Paraguai e, vi Cranberries desidratados para vender. Na mesma hora, apaixonei-me pelo produto, minha vontade era levar uma caixa inteira para mostrar no Brasil. Havia uma infinidade de produtos que não conseguimos ver em nossas prateleiras.

Na hora resolvi fazer um risoto, pois ele combina com tudo, seja em uma preparação doce, salgada ou mista. Ele se ajusta perfeitamente com diversos espectros de sabores.

A receita é super simples de se fazer e segue a base de risoto tradicional.

Logo abaixo da receita, inseri o passo a passo com fotos.

Redimento: 2 pessoas

tempo de preparo: 15 a 20 minutos

INGREDIENTES

risotocranberrie5

  • 1/2 cebola
  • 1 xícara (chá) de cranberry desidratado
  • 100g de gorgonzola
  • 1 cálice de vinho branco seco
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 150g de arroz arbóreo
  • 4 a 5 cálices de água

MODO DE PREPARO

    1. Cortar a cebola em quadradinhos pequenos;
    2. Em uma frigideira média, colocar 1 colher (sopa) de manteiga e deixar derreter;
    3. Acrescentar a cebola e refogar até que fiquem transparentes;
    4. Acrescentar os Cranberries na frigideira e deixar refogar por mais um minuto;
    5. Acrescentar o arroz e refogar por mais um minuto;
    6. Acrescentar o cálice de vinho e mexer o arroz até que o vinho evapore por completo;
    7. Ir acrescentando água ao arroz aos poucos e sempre mexendo vigorosamente;
    8. Acrescentar metade do gorgonzola a preparação e mexer sempre;
    9. Ir acrescentando água ao arroz até que ele fique no aspecto “ao dente” (uma textura de semi-cozido);
    10. Quando o arroz estiver “ao dente” colocar no final uma colher de manteiga e mexer muito bem e, logo em seguida acrescentar o restante do gorgonzola picado e mexer novamente;
    11. Servir ainda quente;

DICAS:


Para o preparo do risoto fogo sempre médio para baixo.

Como sei da dificuldade de encontrar Cranberries desidratados no Brasil, essa receita também é válida para qualquer fruta desidratada que mescle bem com o gorgonzola. O que não é difícil, pois o gorgonzola combina também com uma infinidade de produtos, como: damasco seco, pêra desidratadas, ameixas secas (usar metade da quantidade), figo desidratado, dentre outras.

Usei água ao invés de caldo, eu prefiro, pois os caldos industrializados modificam o sabor do alimento e, mesmo se tivesse um fresco preferiria a água por ser neutra e, deixar fluir melhor o paladar, pois queria dar ênfase à mistura do sabor do cranberry com o gorgonzola.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Related articles