Arquivo da tag: easy recipe

Bolo super fofo de cacau sem glúten

IMG_6646Esse bolo é mais que prático, é super prático.

Possui apenas 4 ingredientes e você poderá fazer como base para outros bolos recheados, saboreá-lo com aquele café no final da tarde ou então usar base para naked cakes.

Notas importantes:

É um bolo de cacau e não de chocolate. Portanto, para essa receita eu aconselho você usar cacau em pó 100%. Não é difícil de adquirir, mas você terá que ficar atento pois na maioria das vezes o cacau que encontramos é o 50%. Prefira para essa receita o 100% pois nele você saberá exatamente a quantidade de açúcar que levará seu bolo e ele ficará com uma cor muito mais de chocolate.

Ele não possui gordura, portanto ficará mais “seco” que os tradicionais, sendo ideal usá-lo como bolo básico para introduzir coberturas, recheios e base para bolos tipo naked.

O amido de milho pode ser substituído pela farinha de trigo caso você não seja celíaco ou alguma alergia alimentar, eu recomendo se for trocar usar a farinha de trigo integral

Vamos a Receita:

  • 5 ovos
  • 130g de açúcar demerara
  • 30g de cacau em pó 100%
  • 150g de amido de milho

Modo de preparo:

  1. Separas as gemas e bater as claras em ponto de neve;2015-11-06 17.47.37
  2. adicionar aos poucos com a batedeira ligada o açúcar e deixar batendo por mais alguns minutos até que adquiria uma consistência cremosa;
  3. com a batedeira ligada, adicionar aos poucos, o cacau em pó e bater por mais alguns minutos;
  4. com a batedeira ligada, adicionar as gemas e deixar bater por alguns segundos até que homogenize;2015-11-06 17.51.29
  5. desligar a batedeira e colocar aos poucos o amido de minha no bowl da batedeira e ir misturando lentamento com o auxílio de uma espátula;
  6. colocar em uma travessa pequena de teflon para não grudar. Caso não tenha, coloca sob uma travessa forrada com papel vegetal;
  7. colocar em forno à 200°C previamente aquecido por aproximadamente 20 minutos.
Anúncios

Pão de Ló sem GLÚTEN

IMG_5854

Essa massa de pão de ló é para deixar guardada na gaveta. E sempre que você precisá-la fazer a uma pessoa que não pode ingerir glúten.outsidebox

Ou para você mesmo que não pode consumir glúten por algum motivo especial.

O que eu mais gosto nessa massa é que ela desmitifica certos pré conceitos: quando falam que fazer bolos sem glúten é difícil ou fica ruim.

E como é simples fazê-la sem realizarmos grandes alterações.

Aliás, para muitos que ainda insistem em dizer que para certas preparações é necessário o uso do trigo. Acho esse pensamento muito retrógrado em um mundo com tantos alimentos e tanta diversidade,  é diminuir demais a nossa capacidade de transformar o alimento.

Portanto, não fiquemos pensando dentro da caixa. A primeira regra que devemos ter em mente é justamente não pensar dentro dela

Vamos a receita:

INGREDIENTES:

  • 4 ovos
  • 180g de açúcar branco
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 1 pitada de sal
  • 130g de amido de milho

PREPARO:

  • Coloque as claras e as gemas em duas vasilhas separadas. Misture o açúcar com as gemas. Adicione também a baunilha e bata com a batedeira até formar um creme claro e reserve;
  • Bata as claras em neve. Adicione o sal enquanto bate.
  • Misture as claras com o creme de gemas. Adicione o amido peneirado e volva delicadamente;
  • Pré aqueça o forno em temperatura média (190ºC).
  • Untar uma assadeira redonda com aproximadamente 30cm com óleo e amido de milho e despeje a massa.
  • A massa fica pronta em aproximadamente 20 a 30 minutos, ou até que se enfie uma faca afiada e ela saia limpa.
  • Após pronto, retire do forno e, deixe esfriar antes de desenformar.

RESSALVAS:

Fiz a massa não com açúcar branco conforme enalteço na receita, mas sim com açúcar demerara que é ligeiramente mais escuro, o que deixa a massa com uma tonalidade de caramelo conforme podem ver nas fotos. Caso façam com açúcar demerara, primeiramente deverá batê-lo no liquidificador, pois ele é muito grosso para fazer o creme de gemas inicial, podendo estragar a maciez da massa.

A massa tende a ficar com um gosto ligeiramente acentuado de ovo, normal em uma massa de pão de ló desse tipo, onde precisa-se de bastante creme de ovos e claras em neve para dar a aeração a preparação

Snacks de Pão com queijo

Snack de pão com queijo

Perfeitos para aqueles dias onde chega aquela visita surpresa em sua casa. pão recheado
Você olha a geladeira e… decepção não tem nada para servir.

A receita é simples e fácil.

Você irá precisar de:

– Pão italiano
– Fatias de queijo
– azeite de oliva
– salsa ou cebolinha picados
– sal a gosto

PREPARO:

– cortar o pão longitudinalmente sem chegar até o final de sua base;
– colocar dentro das arestas, fatias de queijo a sua escolha;
– cortar o pão a fim de fazer pequenos quadrados;
– regar com azeite e jogar por cima temperos picados;
– salpicar com um pouco de sal;
– levar ao forno alto, até que o queijo derreta-se por completo

Pão de Forma Integral Caseiro e ainda light

Pão de forma4

Essa receita é daquelas que vocês poderão fazer sem erro e sem medo.

Diferente das receitas tradicionais de pães, essa é só misturar tudo e esperar o fermento fazer seu trabalho.Pão de forma1

Coloquei o light na receita porque apesar da receita original não possuir o termo, ela sim é bem light pois leva pouca quantidade de gordura.

Vamos a receita:

  • 480g de farinha da trigo branca
  • 480g de farinha de trigo integral
  • 10g de sal
  • 80g de açúcar demerara
  • 1 envelope de fermento biológico seco
  • 50g de manteiga (temperatura ambiente)
  • 570 a 620ml de água morna

Preparo:

  • Em uma tigela grande misturar: as farinhas, o sal, o açúcar, o fermento e a manteiga.Pão de forma2
  • Aos poucos vá colocando a água morna na mistura de farinha e vá mexendo aos poucos a massa. A quantidade de água estará boa quando a massa começar a desgrudar de sua mão.
  • Em um canto de mesa limpo, retire a massa da tigela e comece a sovar a massa delicadamente por aproximadamente 15 minutos.
  • Recoloque novamente a massa já sovada na tigela e deixe-a descansar por aproximadamente 20 minutos em um local quente.
  • Retire a massa da tigela e com uma balança, faça bolas de 600g de massa aproximadamente.
  • Faça pequenos rolos com a massa e coloque na forma de bolo inglês. Salpique farinha de trigo por cima da massa e deixe-a descansar por aproximadamente 2 horas
  • Coloque as formas no forno quente a 180ºC. Quando formar a crosta marrom em cima da massa, desligar o forno e deixar ele por mais meia hora (tome cuidado para a parte de cima não ficar muito escura e queimada), dessa forma o seu pão de forma ficará bem sequinho.
  • Retire do forno e deixe-o esfriando para exalarem os vaporem.

Observação: guarde sempre na geladeira, pois a receita não leva nenhum tipo de conservantes. Dessa forma irá Pão de forma3conservar melhor o seu pão.

Muito pão para pouca gente? Simples de resolver. Corte seu pão de forma em fatias, embale-os de dois em dois e congele-os. Quando quiser saborear um pão perfeito e com cara que saiu do forno, basta colocar no microondas por 30 segundo aproximadamente.

 

Pão de queijo de preguiçoso, digo sanduicheira!!!

Jpeg

Se tem uma coisa que sou apaixonado é por pão de queijo!!!

E justamente por ser apaixonado por essa receita simples porém mágica que aparecem as mais variadas combinações e maneiras de se comer.

Porém, nada melhor do que a boa e prática receita. Aquela que é só colocar tudo no liquidificador e pronto!!!

Bom, ai vai a receita:

  • 1/2 xícara de óleo (de preferência pelo de canola ao de soja, pois é mais saudável)
  • 1 xícara de leite;
  • 3 ovos;
  • 2 xícaras de polvilho (doce ou azedo)
  • 1 xícara de queijo minas ralado
  • 1 colher de café de sal

Preparo:

  • Bater tudo no liquidificador
  • Untar a sanduicheira com um pouco de óleo
  • Dispor a massa sobre a sanduicheira
  • Esperar por aproximadamente 3 a 5 minutos e está pronto essa maravilha.

Como fazer sua própria manteiga de amendoim

manteiga-amendoin

Amendoim é um alimento incrível.

Com ele podemos fazer diversas preparações desde saladas até doces.

No Brasil, ele está muito lincado a preparações juninas tais como: pé de moleque, paçocas, caramelados.

Na Ásia, principalmente china e Tailândia, é amplamente utilizado dentro dos pratos salgados. É muito comum vermos arroz cozido com amendoim, saladas com amendoim, molhos a base de leite de coco com amendoim, grelhados em gordura de amendoim.

Então chegamos a pasta de amendoim. Quem não gosta de pasta de amendoim? Eu adoro…porém o preço….me deixa até com náuseas (mas é isso mesmo??? Quase R$ 40,00 o quilo. Não acham um absurdo!!!)

Se formos ver o preço do amendoim cru, ele não chega nem a R$20,00/kg. Então fico imaginando de onde que vem esse preço que as empresas praticam. E ainda pior, a qualidade nem é tão boa assim.

Então vamos a receita:

  • 500 gramas de amendoim cru (se preferir compre já torrado, pois dará muito menos trabalho);
  • 1 a 2 colheres de sopa de óleo de soja;
  • 1/2 colher de sopa de açúcar (ou a gosto);
  • pitada de sal (a gosto);

1 Passo: assar os amendoins. Coloque os amendoins em uma forma e asse-os em forno já pré aquecido a 180ºC por aproximadamente 10 minutos. Mexa de vez em quando para não queimar os amendoins.

Depois de assados, deixar os amendoins esfriando.

2 Passo: retirar as cascas dos amendoins;


3 Passo: com o auxílio de um processador de lamina de metal, processe os amendoins por aproximadamente 2 minutos ou até que se forme uma massa firme. Vá adicionando mais e mais amendoim até a capacidade do processador comporte. Processar a massa até formar uma pasta da consistência desejada.

Obs.: pasta de amendoim é uma pasta então, você pode dar a consistência que deseje a ela.


4 Passo: caso deseje dar mais cremosidade a pasta adicione o óleo de soja.

obs.: Eu sinceramente não gosto de colocar óleo algum na pasta, pois o amendoim por si só já possui muita gordura.

5 Passo: adicionar uma pitada de açúcar e sal para ajustar o sabor de sua pasta.

6 Passo; colocar em um pote de vidro e armazenar em geladeira.

“A Manteiga de Amendoim pode ter diversas consistências, dê a sua.”

Mas tenha muito cuidado apesar do amendoim ser um alimento muito proteico e nutritivo, aproximadamente 40% de seu conteúdo é gordura e portanto, caso não consumido com moderação vai engordar.

Segue os valores Nutricionais por 100 gramas de alimento:

  • Calorias: 585
  • carboidratos: 20,3 g
  • proteína: 27,2 g
  • lipídio: 43,9 g
  • fibras: 8 g

É um alimento muito proteico, rico em fibras, magnésio, potássio e fósforo

Apreciem sempre com moderação, pois alimentação saudável é antes de tudo ser consciente com o que colocamos para dentro de nosso organismo.

Risoto de gorgonzola com cranberries

risotocranberrie14

Minha inspiração para a elaboração dessa receita surgiu quando passei no Paraguai e, vi Cranberries desidratados para vender. Na mesma hora, apaixonei-me pelo produto, minha vontade era levar uma caixa inteira para mostrar no Brasil. Havia uma infinidade de produtos que não conseguimos ver em nossas prateleiras.

Na hora resolvi fazer um risoto, pois ele combina com tudo, seja em uma preparação doce, salgada ou mista. Ele se ajusta perfeitamente com diversos espectros de sabores.

A receita é super simples de se fazer e segue a base de risoto tradicional.

Logo abaixo da receita, inseri o passo a passo com fotos.

Redimento: 2 pessoas

tempo de preparo: 15 a 20 minutos

INGREDIENTES

risotocranberrie5

  • 1/2 cebola
  • 1 xícara (chá) de cranberry desidratado
  • 100g de gorgonzola
  • 1 cálice de vinho branco seco
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 150g de arroz arbóreo
  • 4 a 5 cálices de água

MODO DE PREPARO

    1. Cortar a cebola em quadradinhos pequenos;
    2. Em uma frigideira média, colocar 1 colher (sopa) de manteiga e deixar derreter;
    3. Acrescentar a cebola e refogar até que fiquem transparentes;
    4. Acrescentar os Cranberries na frigideira e deixar refogar por mais um minuto;
    5. Acrescentar o arroz e refogar por mais um minuto;
    6. Acrescentar o cálice de vinho e mexer o arroz até que o vinho evapore por completo;
    7. Ir acrescentando água ao arroz aos poucos e sempre mexendo vigorosamente;
    8. Acrescentar metade do gorgonzola a preparação e mexer sempre;
    9. Ir acrescentando água ao arroz até que ele fique no aspecto “ao dente” (uma textura de semi-cozido);
    10. Quando o arroz estiver “ao dente” colocar no final uma colher de manteiga e mexer muito bem e, logo em seguida acrescentar o restante do gorgonzola picado e mexer novamente;
    11. Servir ainda quente;

DICAS:


Para o preparo do risoto fogo sempre médio para baixo.

Como sei da dificuldade de encontrar Cranberries desidratados no Brasil, essa receita também é válida para qualquer fruta desidratada que mescle bem com o gorgonzola. O que não é difícil, pois o gorgonzola combina também com uma infinidade de produtos, como: damasco seco, pêra desidratadas, ameixas secas (usar metade da quantidade), figo desidratado, dentre outras.

Usei água ao invés de caldo, eu prefiro, pois os caldos industrializados modificam o sabor do alimento e, mesmo se tivesse um fresco preferiria a água por ser neutra e, deixar “fluir” melhor o paladar, pois queria dar ênfase à mistura do sabor do cranberry com o gorgonzola.

Related articles