Arquivo da tag: leite condensado

A “Gourmetização” é mais antiga que a sua avó!!!

Para quem pensa que a “gourmetização” é algo moderno.

Achamos que muitos chefs e empresas estão se utilizando do “boom” da gastronomia em seus tempos modernos para fazer valer e vender os seus produtos.

Mas discordo disso veementemente. A prova disso: é esse anúncio da Nestle de 1932. Logo quando o Leite condensado foi lançado no Brasil. O anúncio tinha a finalidade de promover o consumo e o aumento do produto.

Sua descrição expressa nada mais do que a própria “gourmetizaçao” em si.
Com esse descritivo, até se compra a ideia.


Segue o anúncio:

“NENHUMA ALIMENTO É TÃO BENÉFICO, PRÁTICO E NUTRITIVO COMO O LEITE CONDENSADO MOÇA. PREPARADO COM LEITE FRESCO DOS MAIS PUROS E SADIOS. O LEITE MOÇA TEM AINDA A VANTAGEM DE SER CONCENTRADO SOB VÁCUO A BAIXA TEMPERATURA E CONTER NO ESTADO NATURAL VIVAS E INTACTAS TODAS AS VITAMINAS DO LEITE FRESCO. NA CALMA DE SEU LAR, EM APRAZÍVEIS PASSEIOS DOMINGUEIROS OU AGORA, NO TUMULTO DAS TRINCHEIRAS UMA LATA DE LEITE CONDENSANDO MOÇA É SUA RESERVA PRECIOSA DE ENERGIA, QUE MAL SE ABRE JÁ ESTÁ PRONTA PARA USO. NÃO DEIXE QUE A SUA CASA SINTA FALTA DE ALGUMAS LATINHAS DE LEITE CONDENSADO MOÇA”

“Na verdade toda essa palhoça significa: “eu sou um leite que foi acrescido de 30% de açúcar de seu peso bruto e retirado 60% de sua água de seu peso bruto. O resto é blábláblá….”

Do leite condensado de 1932 para o nosso futurista de 2015 pouco se mudou. Alias tudo continua o mesmo processo.

O importante é conotar sobre como o marketing daquela época, continua tão agressivo quanto o de hoje. “Leite fresco e puro”, ONDE???

Não sou contra a sua utilização, mas acho que todos nós devemos ter o consumo consciente! E para isso devemos nos indagar ao menos do que estamos comendo ou comprando. Seja nas gôndolas do supermercado ou no novíssimo restaurante que acabou de inventar o mais novo sorvete de creme “gourmet”.

O mais importante, devemos ser sempre críticos do que estamos comendo!!!

anuncio da nestle 1932

Anúncios

Um Cuscus solitário!!!

IMG_3141_779x600

A receita de hoje, a sua tradicionalidade nos leva a um Brasil de histórias.

Um Cuscus, e solitário porque decidi não fazer com leite condensado.

Alias, em se tratando de cuscus não temos muito para onde fugir, pois a receita não tem o que se modificar. Dos mais saudosistas até os mais “moleculares” devem concordar comigo que em time que se está ganhando não se mexe. E no cuscus, esse time já ganha à 500 anos.

“E por falar em receitas tradicionalíssimas, lembro-me de uma discussão sobre rabanadas: onde a discussão central era que rabanadas só estava corretas quando se fazia com leite condensado. Fiquei imaginando uma portuguesa no ano de 1500 na Cidade do Porto indo ao supermercado WallMart comprar duas latinhas de leite condensado. A discussão terminou e é claro o leite condensado sempre ganhou e a portuguesa de 500 anos atras ficou em nossa história quase esquecida.”

Minha receita é simples, prática, rápida e fundamentalmente gostosa.

Resolvi não acrescentar o leite condensado a fim de fazer uma versão um pouco menos “pesada” da nossa preparação tradicional. Afinal de contas, a 500 anos atras não se existia o leite condensado. A receita assim remete mais aos sabores tradicionais e centralizada nos itens principais: a tapioca, o leite de coco e o leite.

Segue a receita:

  • 200g de tapioca;IMG_3145_800x425
  • 200 ml de leite de coco;
  • 100g de coco ralado;
  • 800ml leite;
  • açúcar a gosto;

Modo de Fazer:

  • Aquecer o leite e colocar em uma tigela;
  • Colocar todos os ingredientes na tigela e misturar muito bem;
  • Dosar o açúcar a gosto. Experimente o leite e veja como está a doçura.
  • Colocar a mistura em um refratário, cobrir com um pano limpo ou uma fita filme;
  • Deixar descansar por 24 horas, a fim da tapioca ficar bem macia.

Obs.: faça uma variação mais light ainda, substitua o açúcar comum pelo açúcar light. A diferença não é perceptível para a maioria dos paladares.