Arquivo da tag: Queijo Serra Estrela

Queijos de nossa Terra, Minas Gerais!!!

Em passagem por Campos do Jordão divisa com Minas Gerais me deparo com dois queijos excepcionais: Queijo Minas padrão temperado e Queijo Minas Serra Estrela.

O primeiro traz toda a maciez de um queijo minas padrão, porém, com um tempero picante de pimenta calabresa, orégano e outras especiarias.

Seu sabor apesar de intenso, não é exageradamente picante. Perfeito para cobrir aquele omelete de nossas manhãs

Outro queijo que tive o prazer de conhecer é o Serra Estrela.

Ao desapercebidos, parece um queijo minas normal. Mas ao cortá-lo, sente-se dentro a maciez de um requeijão. Sim, é isso mesmo!!! Um queijo minas recheado com requeijão fresco.

O queijo minas é realmente um patrimônio cultural impagável. Ele está tão inserido em nossa cultura que as vezes

Romeu e Julieta
Romeu e Julieta (Photo credit: dougphotos)

nos passa despercebidos como temos histórias para contar dele.

Com ele fazemos desde o pão de queijo ao baião de dois. Ou então, uma bela fatia esperando seu Romeu para formar o par na sobremesa mais famosa de sua receita o ROMEU E JULIETA.

Auguste de Saint-Hilaire no século XIX, foi um dos primeiros a descrever sua receita:

“Tão logo o leite é tirado coloca-se nele o coalho, o que o faz talhar-se instantaneamente. O coalho mais usado é o de capivara, por ser mais facilmente encontrado. As fôrmas são de madeira e de feitio circular, tendo o espaço livre interno mais ou menos o tamanho de um pires. (…) O leite talhado é colocado dentro delas em pequenos pedaços, até enchê- las. Em seguida a massa é espremida com a mão, e o leite cai dentro de uma gamela colocada em baixo. À medida que a massa é talhada vai sendo comprimida na fôrma, nova porção é acrescentada, continuando-se a espremê-la até que a fôrma fique cheia de uma massa totalmente compacta. Cobre-se de sal a parte superior do queijo, e assim ele é deixado até a noite, quando então é virado ao contrário, pulverizando-se também de sal a parte agora exposta”.

Hoje apesar da tecnologia e de todas as leis higiênicos sanitárias envolvidas a produção no Brasil, seu processo ainda encontrasse bastante parecido, trocamos o coalho de capivara pelo industrializado, porém a sua essência continua a mesma.

Anúncios